HISTÓRICA! Nicole Silveira alcança o melhor resultado dos desportos no gelo do Brasil em Jogos Olímpicos

12 de fevereiro de 2022

Foto: Wander Roberto/@ANOC Olympic

O melhor resultado da história dos desportos no gelo do Brasil foi garantido neste sábado (12). Na primeira edição de Jogos Olímpicos de Inverno da carreira, Nicole Silveira somou o tempo de 4:10.48 após quatro descidas na pista do Yanqing National Sliding Centre, na China, e garantiu o 13º lugar na competição. O resultado foi também o segundo melhor da história do país levando em conta todas participações olímpicas de inverno: Isabel Clark, da neve, foi nona no snowboard em 2006.

Atleta de inúmeros esportes antes de chegar ao skeleton, Nicole só iniciou na modalidade após tentar a classificação para os Jogos de 2018 no bobsled. A curta carreira, porém, não é problema para a brasileira. Extremamente constante, a gaúcha fez quatro boas descidas ao longo de dois dias e conseguiu, assim, acabar à frente de atletas de países com muito mais tradição na modalidade, como China, Canadá, Bélgica e Letônia.

Foto: Alexandre Castello Branco/COB

Para chegar ao 13º lugar histórico foi necessário muito sangue frio. Depois de cair para a 15ª posição na terceira descida, Nicole chegou à quarta competindo apenas com as 20 melhores. Mas dividir a finalíssima com as gigantes do esporte não assustou a brasileira, que aos poucos foi percebendo o top-13 um sonho real.

“Se o meu treinador tivesse me dito, quando eu comecei, que o objetivo era chegar aos Jogos Olímpicos e que terminaria em 13º lugar, na frente de grandes nomes, eu não iria acreditar. Mas vendo o que consegui aprender e fazer aqui, mostra que tenho potencial e muito ainda a aprender. Para as próximas temporadas já estou muito animada e já quero começar de novo”, disse Nicole.

Com um novo ciclo pela frente, Nicole já tem como grande objetivo os Jogos Olímpicos de Milão-Cortina, em 2026. A atleta de 27 anos terá 31 na edição italiana.

Foto: Wander Roberto/@ANOC Olympic

TEMPO DAS DESCIDAS

DESCIDA 1: 1:02.58
DESCIDA 2: 1:02.95
DESCIDA 3: 1.02.55
DESCIDA 4: 1.02.40
TOTAL: 4:10.48

Recomendados:

13/09/2022

Brasil volta mais forte após Junior Grand Prix na Letônia

País foi representado por Maria Joaquina Cavalcanti Reikdal e pela dupla Catharina Tibau e Cayden Dawson

Twitter
Facebook

Ler mais

12/09/2022

Sergio Vilela é eleito o primeiro latino-americano com cargo de diretor na WCF, e Brasil tem dois nomeados para comitês da IBSF

Novidades mostram a força e desenvolvimento do desporto no gelo do país

Twitter
Facebook

Ler mais

09/09/2022

Catharina e Cayden somam bons pontos na Dança Rítmica em etapa do Junior Grand Prix

Dupla que representa o Brasil ficou na 11ª posição e volta a se apresentar no sábado

Twitter
Facebook

Ler mais