Confederação Brasileira de Desportos no Gelo

Vaga olímpica comprova evolução de Isadora Williams

Isadora Philadelphia Summer 2017

Em 2014 a brasileira Isadora Williams já havia feito história ao tornar-se na primeira sul-americana a competir na patinação artística em uma edição dos Jogos Olímpicos. Agora, ela se prepara para participar de mais uma Olimpíada de Inverno. A atleta confirmou a vaga no último sábado, 30 de setembro, no Troféu Nebelhorn, na Alemanha.

Com duas apresentações brilhantes, Isadora terminou na quinta posição da classificação geral com 154.21 pontos, a melhor nota de sua carreira. Ela conseguiu a quarta das seis vagas olímpicas disponíveis para as mulheres e, pela primeira vez, terminou no Top 5 de um torneio da série Challenger da ISU.

“Este é um momento muito especial para mim. Vai ser a minha segunda oportunidade de patinar nos Jogos Olímpicos e tenho muito, muito orgulho disso”, afirmou Isadora, que foi a 30ª colocada em Sochi-2014.

A conquista da vaga olímpica pela segunda vez apenas comprova a evolução da brasileira ao longo deste ciclo olímpico. Sob coordenação dos técnicos Igor Lukanin e Kristin Fraser, a jovem de 21 anos amadureceu suas apresentações e incorporou novos elementos. Os resultados não demoraram a aparecer: quatro medalhas em torneios internacionais no período e o retorno ao Mundial de Patinação Artística no início deste ano.

Agora, a meta é se preparar para a disputa olímpica. Até os Jogos Olímpicos de PyeongChang, em fevereiro de 2018, Isadora Williams deve participar de mais três torneios na América do Norte como parte de seu treinamento. “Nos Jogos, são 30 competidoras, mas apenas 24 avançam para a disputa do Programa Longo. Quero estar entre essas 24”, concluiu.

Isadora Williams conta com o apoio da CBDG, do COB e do Ministério dos Esportes. Ela também conseguiu os seguintes patrocinadores: Edea (botas), John Wilson Blades (lâminas), CPQi (vestido) e #Hash (website), além do dinheiro já arrecadado no financiamento coletivo para os treinos de salto.

Confira a evolução das notas de Isadora Williams neste ciclo olímpico:

 

Deixe uma Resposta.